quinta-feira, 31 de maio de 2012

Marduk lançará novo álbum em Junho de 2012 - Confira o clipe de "Souls For Belial" .

Marduk, banda sueca de Black metal
estará lançando seu décimo segundo álbum
em Junho de 2012, intitulado "Serpent Sermon"
pela Century Media. Antecipando o álbum
e pra deixar no ar a sensação do que estar por vir
Marduk divulgou o clipe da canção "Souls For Belial"
confiram ai galera o clipe de "Souls For Belial"

MARDUK - Souls For Belial (OFFICIAL VIDEO)

PAUL DIANNO & BLAZE BAYLEY 2012


A seguinte imagem foi postada no facebook oficial do Paul Di'Anno, junto com a seguinte mensagem:


"PAUL DIANNO & BLAZE BAYLEY 2012 AND 2013 TOURS ARE COMING SOON, INCLUDING: EASTERN EUROPE - AUSTRALIA - NEW ZEALAND - BRAZIL - SWEDEN - NORWAY & MORE.....FURTHER NEWS TO FOLLOW."
Imagem


Grave Digger

O Grave Digger divulgou a capa do seu novo EP "Home At Last", que deve ser lançado no dia 27 de julho na Europa e 07 de agosto nos EUA.
O EP já se encontra em pré venda na Amazon alemã, e pode ser adquirido através deste link:
http://www.amazon.de/gp/product/B0085


Imagem



Entrevista com o vocalista Joey Belladonna.

O episódio #19 do maloik, programa de entretenimento na TV dedicado à música pesada, apresenta, no quadro “Tough Girl”, a passagem de um dos “Big Four” no Brasil: além da cobertura do show do Anthrax, de quebra ainda há uma entrevista com o vocalista Joey Belladonna.


Confira episódio na íntegra no link abaixo:





O episódio também conta com as seguintes atrações.
- Edu Nicolini, baterista das bandas Nitrominds e Musica Diablo, enfrentando a morte no quadro “Heaven and Hell”.
- No “Campo de Batalha”, quadro de debates conduzido por Ricardo Batalha, o tema da discussão é sobre músicos que curtem metal, mas tocam em bandas de outros estilos para ganhar a vida, contando com os argumentos do baterista Carlos Silva, da banda de tributo ao Rush “Rush Machine”.
- No “Desafio de Bandas” da semana, temos os paulistas do Dirty Glory com o clipe de “Mr. Jack” concorrendo com o Violator, de Brasília, com sua música “Futurephobia”.
O MALOIK vai ao ar todas as terças, às 23:58, (Two Minutes to Midnight) pelo canal 14 da NET no ABC paulista e agora também na TVA canal 8 de São Paulo e no canal 22 da NET na região de Americana (Araras, Hortolândia, Limeira, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Rio Claro, Santa Bárbara D’Oeste e Sumaré) ou pode ser assistido pelo site: www.maloik.com.br





Legião Urbana: Tributo

A crítica musical no Brasil é extremamente rancorosa, porque parte das suas traduções e interpretações sobre música, passam por suas impressões pessoais, ligadas à simpatia, à conveniência e lógico, pela total falta de conhecimento e sensibilidade para falar de arte.
Mesmo aqueles que manjam do assunto, são empregados ferrenhos da máquina chamada "obrigação de falar de quem quer que seja da pior maneira possível", manipulando com "palavras duras em voz de veludo" parte dos seus leitores, que passam a pensar através do texto que acabaram de ler. Como bem sabemos, tem gente que não compra  disco através da opinião alheia, tem gente que não vai ao cinema por conta do 'bonequinho' (aplaudindo, sentado ou dormindo), tem gente que liga ao extremo para as poucas palavras de um texto que só tem uma verdade: é isso o que eu penso.


A forma gratuíta e barata com que Wagner Moura está sendo criticado por seu desempenho no Tributo à Legião Urbana (Mtv) nos dois dias de apresentação, passa pela total ignorância e ausência de sentido dos seus escribas.
Para não tomar o tempo do leitor, nem discuto conceito musical. Os livros estão aí, os vídeos e todos os recursos possíveis para um curioso entender e apreender se quiser, mas, classificar com a expectativa de uma opereta a performance de um ATOR (assim, em letras garrafais), é uma tolice mascarada de ciência.
Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá escolheram Wagner por sua paixão e não por seu dom. Ambos possuem amigos mais talentosos que Moura, que seriam capazes de fazer das duas noites momentos históricos de lirismo e técnica. A ideia, desde o início não foi esta. O que se viu no pequeno palco era um fã apaixonado (como qualquer fã da Legião Urbana) vociferando e dividindo com o público as letras que um dia ele julgou ser de uma pessoa e que naquele momento eram deles e de uma multidão.
São bárbaros os que pensavam que da boca de Wagner Moura saíriam versos nas escalas modais com a mesma grandiloquencia que o finado vocalista possuía. Não era no papel de cover que Wagner estava ali. Ele representava toda uma geração que, em seus "luais da vida", pegavam o violão e sentavam para cantar com os amigos, sem que se preocupassem se o que estavam cantando emotivamente, agradava, irritava ou destoava, do que se fez no disco, no show ou em qualquer lugar que a Legião Urbana tenha pisado.
Em boa parte do espetáculo Wagner semitonou muito. Sim, sua atuação foi de média para ruim e ninguém pode negar. Especialmente as primeiras canções deixaram no ar que a noite poderia ser pior se o ator esquecesse de vez, que além da emoção, há uma escala, tempos, respiração, brilho, volume, altura e etc...
Por que a mesma crítica musical que BUNDOU um ator que cantava, não escracha cantores que profissionais (ou seja, vivem disso), não conseguem cantar além de um só tom, como tantos na música popular brasileira? Aliás, existem excelentes compositores no Brasil, que são PÉSSIMOS intérpretes, mas a força de não remar contra a maré ou mesmo a ética por conveniência, não deixa que eles pisem em cantores medíocres mas que cristalizaram a fama em torno de uma carreira à base do passado.
Existe também, nas críticas exageradas, uma boa parcela de ódio pela banda e seus músicos. O que torna toda a análise inverossímil e tola. Não gostar, admirar, idolatrar, reverenciar ou fazer uso de qualquer outro verbo que demonstre paixão é um direito legítimo e muito mais repleto de verdade, do que usar um momento peculiar e especial para criticar toda a história da banda. O que se leu e se viu foi um total oportunismo, quem já não gostava, aproveitou para jogar a última pá de cal.
Qualquer texto não deveria transformar seus autores em celebridade. É um pensamento compartilhado, uma análise arguta de um fato ou sentimento movido em palavras. Este resultado, torna escribas do século XXI, deuses de si mesmo, gente que ignora momentos mais febris de paixão de um público para ligar sua metralhadora de bobagens e pseudo-indultos.
Nunca ganhei um TOSTÃO para dar minha opinião, por isso, não esquento sobre o que pensam a respeito do meu pensamento. Só os compartilho para defender um ponto de vista, ler e ouvir outros e sobretudo, manter viva a ideia de que não existe uma verdade absoluta sobre nada ou qualquer coisa.





PARADISE LOST

Obviamente, este novo álbum dos ingleses não se compara aos tempos áureos de, “Icon” (1993) e “Draconian Times” (1995), mas é fácil uma das melhores bolachas do grupo desde então. Jens Bogren (OPETH, BORKNAGAR entre outros), depois de ter produzido os dos dois últimos álbuns (não tão aclamados) do grupo parece que finalmente acertou em cheio agora. O álbum flui com naturalidade e peso, muito peso, produção de muita qualidade.

Canções como "Solitary One" (a melhor do cd!), “Fear of Impending Hell”, "Worth Fighting For" (cozinha entrosadíssima) e “In This We Dwell” (ótimos riffs), mostram com perfeição como o grupo está matador, com destaque para, Nick Holmes,seus vocais transpassam com facilidade um sentimento de raiva angustiante ao ouvinte.
Enfim este “Tragic Idol” é uma ótima pedida pra quem gosta de Heavy Metal em geral e é item obrigatório para fãs do grupo . A nota negativa fica por conta da capa do CD, bem confusa, ou eu simplesmente não consegui entender a arte dela heh!
Line-up:


Nick Holmes - vocals
Gregor Mackintosh - guitar
Aaron Aedy - guitar
Adrian Erlandsson - drums
Stephen Edmondson – bass


Paradise Lost – Tragic Idol


01. Solitary One
02. Crucify
03. Fear Of Impending Hell
04. Honesty In Death
05. Theories From Another World
06. In This We Dwell
07. To The Darkness
08. Tragic Idol
09. Worth Fighting For
10. The Glorious End



Gorgoroth anunciou seu retorno à América do Sul

A banda norueguesa Gorgoroth anunciou seu retorno à América do Sul em Setembro para shows no Brasil, Colômbia e Equador.
 
Confira as datas:
06/09 - Brazil, TBA 
07/09 - Belo Horizonte/MG, Brazil - Music Hall 
08/09 - São Paulo/SP, Brazil - Carioca Club 
09/09 - Brazil, TBA 
10/09 - Porto Alegre/RS, Brazil - Beco 
12/09 - Medellin, Columbia - TBA 
13/09 - Cali, Columbia - TBA 
14/09 - Bogota, Columbia - TBA 
15/09 -Quito, Ecuador - TBA

Sites relacionados: 
www.Myspace.com/tumbaprod 
www.Colombianshows.com

Manowar anuncia data de lançamento do novo álbum

O novo álbum do Manowar, “The Lords Of Steel”, sairá no dia 07 de Setembro nas lojas. Ele já estará disponível para o mundo inteiro através do site: www.kingdomofsteel.com a partir de 27 de Julho.

A versão digital estará disponível no dia 16 de Junho.

“The Lord Of Steel” foi mixado e masterizado no Wisseloord Studios na Holanda ao lado do engenheiro de som Ronald Prent e masterizado por Darcy Proper. O álbum está cheio do poder, energia e um som tão cru e pesado como uma força da natureza. Títulos como “Annihilation” e “Hail, Kill And Die!” dão o tom em um álbum que é cheio de surpresas. Ao contrário do álbum “Gods Of War” de 2007, esse novo trabalho não é conceitual, mas cada música conta uma história diferente,mantendo a visão do Manowar de retidão, honra e tudo o que os fãs do Manowar conhecem e amam.

Segundo o baixista Joey DeMaio: “Os fãs do Manowar vão ficar malucos, esse álbum é inteiro brutal e cru!

Estávamos conversando sobre fazer um álbum conceitual, mas daí ficamos inspirados em ir numa direção diferente. Isso é aonde estamos agora. Eu fiz pesquisas sobre os melhores microfones e amplificadores para guitarras. O som de baixo é de desafiar a morte. Nós também trabalhamos muito na bateria, dando a Donnie Hamzik bastante espaço para atuar. E como sempre, Eric soa maior que a vida.”

Nervosa: Thrash Metal feminino no Roça ‘n’ Roll

Bandas formadas apenas por mulheres sempre foram destaques no mundo do Heavy Metal. E as paulistas da Nervosa fortalecem essa tradição. O trio é uma das atrações da noite principal do Roça 'n' Roll, no dia 16 de junho, na Fazenda Estrela, em Varginha/MG. Donas de um Thrash Metal que remete aos aclamados Slayer, Sodom e Destruction, Fernanda Lira (baixo e vocal), Prika Amaral (guitarra) e Fernanda Terra (bateria) prometem um show repleto de agressividade. “O bicho vai pegar! Vai ser algo diferente de tudo que já aconteceu para banda, memorável!”, ressalta a vocalista do grupo.

Sobre as expectativas para o festival, Fernanda Lira afirma: “São as melhores possíveis! Compareci às duas últimas edições e não acreditei no que presenciei! A vibe do festival é animal, headbanger de tudo quando é lugar comparecendo em massa. É emocionante ver os ônibus de excursões lotando o estacionamento pouco a pouco ao longo do dia”.


A Nervosa conquistou uma vaga no Roça ‘n’ Roll após vencer a seletiva paulista do festival. “Para mim é como um sonho realizado! Sei que soa clichê, mas essa é a sensação real! Além do Roça ser tradicional e um dos maiores festivais do país, sempre valorizou as bandas nacionais desde os ícones do nosso Metal Brasileiro até bandas bem underground. Essa postura eu valorizo muito!”, enfatiza Fernanda Lira.


A banda é relativamente nova na cena metálica nacional, mas já possui muitos fãs no estado no país. E mesmo sem uma carreira internacional, a Nervosa foi contratada pela gravadora austríaca Napalm Records para lançamento do primeiro álbum. “Isso só nos fez ficar ainda mais satisfeitas com nosso trabalho. De certa forma, isso reflete um reconhecimento. Sem palavras para descrever a alegria”, finaliza Fernanda Lira.


Além da banda feminina, a programação do sábado (16 de junho), destaca shows com as bandas Samael (Suíça) e Grave (Suécia), Dr. Sin, Shaman, Carro Bomba, Dominus Praelii, Lothlöryen, Goatlove, Kernunna, DZK, Maestrick, Tormento, Motosserra Truck Clube, Demonic War Front, Deadliness, Magika, Reviolence e Svartland.


O Roça ‘n’ Roll ainda promove Torneio de Truco, exposições, entre outras atividades especiais para interação do público. A estrutura do festival, montada em parceria com a RB Produções, é composta por dois palcos e uma tenda para os shows com bandas regionais, camping, praça de alimentação, espaço para exposições e stands de lojas de artigos relacionados ao Rock e Metal. 


O Roça ‘n’ Roll 2012 conta com o apoio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, do Governo de Minas Gerais, da Prefeitura Municipal de Varginha, da Fundação Cultural do Município de Varginha, do COMIC – Conselho Municipal de Incentivo à Cultura, da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, patrocínio da Speed Life Energético, Fruty Refrigerantes e  Autotrans, apoio cultural da Roadie Crew, Consulado do Rock, Meteoro Amplifier, Programa Combate,  W Outdoor, Castelli Romani, Rádio Clube, K2 Lanches, Paranoid Records, Lady Snake, Tendas Online, Castelar Novo Hotel,  Via Cabo, Espaço Livre, Frigorífico São Francisco e Chromos Design. 


Os ingressos para a 14ª expedição do Roça ‘n’ Roll já estão à venda.  As reservas podem ser feitas pelo email info@rocainroll.com . Outras informações no site: www.rocainroll.com.


NERVOSA
www.myspace.com/bandanervosa


ROÇA ‘N’ ROLL
www.rocainroll.com.

SERVIÇO
ROÇA 'N' ROLL 2012
Programação do dia 14/06
A confirmar

Programação do dia 15/06
A confirmar

Programação do dia 16/06
Bandas confirmadas: Samael (Suíça) e Grave (Suécia), Dr. Sin, Shaman, Carro Bomba, Dominus Praelii, Lothlöryen, Goatlove, Kernunna, DZK, Maestrick, Tormento, Nervosa e Motosserra Truck Clube.
Tenda Combate: Demonic War Front, Deadliness, Magika, Reviolence e  Svartland
Local: Fazenda Estrela 
Endereço: Rodovia Varginha-Monsenhor Paulo - Varginha/MG
Ingressos: info@rocainroll.com e ticketroca@gmail.com
Ponto de venda em Varginha: Gallery Lanches -  Praça José Rezende Paiva, 100 - Varginha-MG, fone: (35) 3221-3636
Site oficial: www.rocainroll.com

David Drainman

O vocalista do Disturbed, David Drainman, revelou o nome de seu novo projeto. A aventura se chama Device e possui em suas fileiras o ex-guitarrista do Filter, Geno Lenardo.
 
A banda acabou de lançar sua página oficial no facebook: www.facebook.com/Devicetheband e entrará em estúdio no final dessa semana para começar a gravar as demos para o lançamento do álbum de estréia. David já havia descrito o som do material como um industrial na veia de Nine Inch Nails e Ministry.

Delain disponibilizou seu novo álbum

A banda holandesa Delain disponibilizou seu novo álbum, “We Are The Others” completo por streaming. 

O álbum foi produzido por Jacob Hellner (Rammstein, Clawfinger e Apocalyptica) mas a parte dos vocais ficou a cargo de Frederik Thomander e Anders Wikström (Scorpions, Backyard Babies). 
Burton C. Bell, vocalista do Fear Factory, faz uma participação especial na faixa “Where Is The Blood.
A arte da capa foi feita pelo americano Glenn Arthur.


Confira o tracklisting de “We Are The Others” 
01.Mother Machine
02. Electricity
03. We Are The Others
04. Milk And Honey
05. Hit Me With Your Best Shot
06. I Want You
07. Where Is The Blood (com Burton C. Bell)
08. Generation Me
09. Babylon
10. Are You Done With Me
11. Get The Devil Out Of Me
12. Not Enough
A letra da faixa-título foi inspirada em um incidente que ocoreu na cidade inglesa de Lancaster em 2007, quando uma garota e seu namorado foram espancados por uma gangue de jovens até ficarem em estado de coma, por causa de seu visual gótico. 


Segundo a vocalista Charlotte Wessels: “Isso não foi um fato isolado. As pessoas são discriminadas o tempo todo e em todos os lugares - ao ponto de se chegar a violência física - baseado em etnia ou preferências cultuais. “We Are The Others” é nosso hino dos outsiders, todos que de uma forma ou de outra são diferentes do padrão."


terça-feira, 29 de maio de 2012

Halford: "O Judas Priest não acaba, não vai acabar nunca"

Desde o final de 2010 , que o JUDAS PRIEST vêm anunciando
que a turnê chamada “EPITAPH” seria a última da carreira
da banda.A turnê que passou tambem pelo Brasil em setembro
do ano passado onde a banda teve 4 apresentações , é considerada
a mais longa da carreira dos britânicos.
"O Judas Priest  não acaba, não vai acabar nunca” gritou
o vocalista Rob Halford em uma possível apresentação de
despedida na noite do dia 26 de maio em Londres , dando a
entender que o grupo da cidade de Birmingham vão apenas dá um descanso
após uma turnê extensa e cansativa, e logo logo ta de volta aos estúdios.
Um público de quase 9 mil pessoas acompanhou ou quem sabe
o último show do JUDAS PRIEST ,que teve abrindo o show as bandas
KOBRA & LOTUS e dos veteranos do SAXON ,conterrâneos e velhos amigos
de estrada do JUDAS PRIEST .

Arch Enemy: ingressos para São Paulo já estão à venda

Os ingressos para o show da banda ARCH ENEMY já estão
que será realizado no CARIOCA CLUB no dia 25 de novembro.
a Latin American Khaos 2012!passará tambem por países como
Uruguai, Costa Rica, Argentina, Chile, Peru, México, etc:
"Estamos ansiosos para tocarmospara um dos públicos mais verdadeiros
do metal mundial.Esperamos ter shows e experiências incríveis"
palavras do guitarrista MICHAEL AMOTT.

Ingressos para o show dia 25/11
R$80 (pista - estudante)
R$100 (pista - promocional)
Camarote: entradas limitadas à venda apenas na LOJA 255
Locais de venda:
LOJA 255 (Galeria do Rock, Rua 24 de Maio, 62, primeiro andar, loja 255, São Paulo-SP,fone: 0xx11 3361-6951)
CARIOCA CLUB (Rua Cardeal Arcoverde, 2899, São Paulo - SP,0xx11 3813-8598)

Maximum the Hormone

Maximum the Hormone é uma banda de punk metal/new metal japonesa formada em 1998.
O grupo é conhecido por misturar vários gêneros e raízes do rock dentro de suas músicas. Eu já havia citado essa banda em outra postagem aqui do blog, além da banda em questão, essa é a única que mescla vocais femininos doces, com gritos e riffs de guitarra pesados. Suas músicas ficaram famosas no meio otaku por seus dois singles "What's up people?" e "Zetsubou Billy" terem sido escolhidos como segunda abertura e encerramento do anime Death Note, respectivamente. Quando você ouvir "Chu chu lovely muni muni mura", cagará tijolos. rs

Membros:
Daisuke (Vocal/Guitarra)
Maximum the Ryou (Guitarra/Vocal)
Nawo (Bateria/Vocal)
Ue-chan (Baixo/Vocal)


Confiram um vídeo da banda:

Skid Row: Sebastian Bach aceita reunião com antiga banda

 O cantor bahamense SEBASTIAN BACH divulgou no seu twitter sobre
a possibilidade de uma reunião da formação clássica do SKID ROW.
Disse tambem que dos cinco , um apenas é contra essa reunião e
que ele é um dos quatro que estão a favor da reunião.
Perguntaram a ele o por que a faixa " Forever " não foi incluída
no primeiro disco , ele respondeu que 1 dos 5 não gostava da música
e que esse 1 dos 5 não quer a reunião , é aguardar pra ver se vai
acontecer essa reunião.

MAIS PODRES DO QUE NUNCA

Ai vai mais uma pérola pra galera punk que curte o blog do Garagem fazer download, a lendária banda Garotos Podres. O disco é o "MAIS PODRES DO QUE NUNCA" de 1985.
Confiram, esse é pra ouvir no volume máximo.

KROW agora com loja exclusiva no Facebook

Após o lançamento do novo álbum com visual diferenciado, mais uma vez o Krow busca inovação para sua música. O grupo disponibilizou uma loja exclusiva no Facebook! A loja está funcionando direto na página oficial do Krow no Facebook pelo aplicativo LikeStore, um sistema muito organizado, onde o usuário só precisa curtir a página e clicar no aplicativo da loja. Lá o usuário vê os produtos, escolhe os modelos, faz o pedido e o programa já calcula o frete e o pagamento, que é feito em qualquer cartão ou boleto.
Como promoção de lançamento, a banda está dando 5% de desconto para todo mundo que curtir a página. O grupo cumpriu o prometido e seu novo lançamento é diferente de tudo que o Death Metal vem fazendo. A começar pela temática que busca trazer diferentes verdades do período da escravidão no Brasil somado a versos de Edgar Allan Poe, guerras nos morros cariocas e o massacre em Realengo, gerando uma temática única, nunca antes abordada por uma banda.
Com a capa feita pelo artista Costin Chiorianu (Grave, Dark Throne, Demonical, Running Wild, Ava Inferi), o trabalho foi lançado no Brasil em formato luxo. Um digipack especial com detalhes em verniz localizado. O material é embalado ainda por um slipcase.


https://www.facebook.com/krowmetalzone

VULCANO relançamento do "Tales from the Black Book"

Está para chegar ao mercado nacional pela Encore Records o relançamento do álbum "Tales from the Black Book" da VULCANO, originalmente lançado em 2003,  essa nova versão virá com novas faixas de estúdio como bônus. O selo alemão High Roller Records  lançará "Tales from the Black Book" pela primeira vez em vinil. A  High Roller Records já editou na Europa vinis de grupos como Desaster, Jag Panzer, Razor, Manilla Road, Candlemass entre tanta outras.

Roça ‘N’ Roll: DOMINUS PRAELII fala sobre a participação no festival

A programação da noite principal do Roça ’N’ Roll 2012 já está definida! Serão 19 atrações entre bandas nacionais e internacionais de vários estilos dentro da música pesada. Entre os grupos escalados, o DOMINUS PRAELII, de Londrina/PR, toca pela primeira vez na região e promete um show em defesa da “sagrada arte do Heavy Metal”.

“Temos como meta a perpetuação do estilo, da emoção, da atitude e da alegria proporcionada pelo Heavy Metal“, destacam. O set list do show vai abordar toda trajetória do grupo iniciada em 2000. “O Roça ’N’ Roll é um evento que sempre nos disseram ser maravilhoso e já havíamos tentado tocar em outras edições. Nossas expectativas são as melhores possíveis“, completam.


A apresentação do DOMINUS PRAELII no Roça ‘N’ Roll integra a turnê Sul Americana “Keep The Metal Resistance“, que deverá passar pelo Chile, Argentina, Paraguai e Uruguai, além do Brasil. A proposta é divulgar o disco “Keep The Resistance” lançado no final de 2010 pela Distro Rock & Open the Road Productions.


Além da banda paranaense, a programação do sábado (16 de Junho), destaca shows com as bandas Samael (Suíça) e Grave (Suécia), Dr. Sin, Shaman, Carro Bomba,  Lothlöryen, Goatlove, Kernunna, DZK, Maestrick, Tormento, Nervosa, Motosserra Truck Clube, Demonic War Front, Deadliness, Magika, Reviolence e Svartland. Em breve a produtora divulga oficialmente as atrações dos dias 14, 15 de Junho.


O Roça ‘N’ Roll ainda promove Torneio de Truco, exposições, entre outras atividades especiais para interação do público. A estrutura do festival, montada em parceria com a RB Produções, é composta por dois palcos e uma tenda para os shows com bandas regionais, camping, praça de alimentação, espaço para exposições e stands de lojas de artigos relacionados ao Rock e Metal.


O Roça ‘N’ Roll 2012 conta com o apoio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, do Governo de Minas Gerais, da Prefeitura Municipal de Varginha, da Fundação Cultural do Município de Varginha, do COMIC - Conselho Municipal de Incentivo à Cultura, da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, patrocínio da Speed Life Energético, Fruty Refrigerantes e  Autotrans, apoio cultural da Roadie Crew, Consulado do Rock, Meteoro Amplifier, Programa Combate,  W Outdoor, Castelli Romani, Rádio Clube, K2 Lanches, Paranoid Records, Lady Snake, Tendas Online, Castelar Novo Hotel,  Via Cabo, Espaço Livre, Frigorífico São Francisco e Chromos Design.


Os ingressos para a 14ª expedição do Roça ‘N’ Roll já estão à venda.  As reservas podem ser feitas pelo email info@rocainroll.com. Outras informações no site: www.rocainroll.com.


Site Oficial - www.rocainroll.com

SANCTUS NOSFERATU lança debut álbum “Sacma”

A banda portuguesa de Black/Death/Thrash Metal SANCTUS NOSFERATU se prepara para lançar seu álbum de estreia, intitulado “Samca” em 31 de Maio de 2012.

“Samca” foi gravado por Ruben Moniz no NeburRecords Studios, na ilha de São Miguel. Mixado e masterizado por André Tavares (Grog, sete pontos), em Lisboa. A obra de arte é assinada pelo artista alemão Martin Fischer (Fear My Thoughts, dedo do pé do pombo).


Breve mais informações.


Facebook – www.facebook.com/sanctusnosferatu
MySpace – www.myspace.com/sanctusnosferatuband
Reverbnation – www.reverbnation.com/sanctusnosferatu

APOCALYPTICA rumo à América do Sul

A banda APOCALYPTICA recentemente realizou uma rápida passagem pelo Canadá e já está à caminho da América do Sul. Os shows agendados pelo Brasil acontecem especialmente em São Paulo, no dia 2 de Junho no Carioca Club e, no dia seguinte, os finlandeses fazem show extra no Espaço Santa Clara. Os ingressos para as exibições continuam à venda. Mais informações de como garantir presença para assistir essas tão aguardadas exibições que prometem ser históricos estão disponíveis no serviço abaixo.

Eicca Toppinen (violoncelo), Paavo Lötjönen (violoncelo), Perttu Kivilaakso (violoncelo), Mikko Sirén (bateria) e Tipe Johnson (vocalista) já demonstraram, inclusive em diversas entrevistas, que não veem a hora de reencontrar os fãs brasileiros e que prepararam um set especial para as exibições por aqui.


“Preparamos um repertório que abrangerá composições de todos os nossos álbuns. Podem ter certeza, que vocês ouvirão todas as suas músicas favoritas! Estamos ansiosos para sentir novamente o calor dos nossos fãs brasileiros! Queremos ver todos vocês em ambos os shows! Até logo, amigos!“.


Neste momento, eles estão em plena turnê de promoção do aclamado álbum “7th Symphony” (2010). Sabendo da expectativa antecipada dos brasileiros, a banda fez questão de gravar, há algum tempo atrás, uma mensagem convidando o público a prestigiarem suas performances na capital paulistana. Confira o recado em www.youtube.com/watch?v=MoxquHuTn2A.


Recentemente, Perttu concedeu entrevista exclusiva à The Ultimate Music – Press. Confira em http://theultimatepress.blogspot.com/2012/04/vamos-faze-los-suar-rir-e-chorar.html.


O APOCALYPTICA ficou mundialmente famoso quando lançou “Plays Metallica by Four Cellos”, álbum que traz versões das clássicas músicas do Metallica tocadas por violoncelos. O disco foi certificado com ouro na Polônia e platina na Finlândia, vendendo aproximadamente 800.000 exemplares. Todos os integrantes da banda frequentaram a Academia Sibelius em Helsinque, única universidade de música na Finlândia e considerado um dos maiores conservatórios europeus.


Esta será a segunda passagem do APOCALYPTICA pelo Brasil. Os músicos se apresentaram, em 2005, no Credicard Hall, como abertura para o Megadeth. Naquela ocasião, o público ficou extremamente impressionado com tamanha qualidade musical e foi considerado uma das melhores apresentações daquele ano.


A turnê dos finlandeses pela América do Sul é a seguinte:


May 29 – Teatro Municipal – Cali, Colômbia
May 31 – Teatro Caupolican – Santiago, Chile
June 01 – Todo Musica – Montevidéu, Uruguai
June 02 – Carioca Club – São Paulo, Brasil
June 03 – Espaço Santa Clara – São Paulo, Brasil


Site Oficial - www.apocalyptica.com/us/home
Facebook – www.facebook.com/Apocalyptica
MySpace – www.myspace.com/apocalyptica
Twitter – www.twitter.com/apocalypticafi
Youtube – www.youtube.com/apocalypticavideos
iLike – www.ilike.com/artist/Apocalyptica
Last.FM – www.lastfm.de/music/Apocalyptica

Doomed Serenades

O HellLight é uma das atrações da compilação brasileira ‘Doomed Serenades’, organizada pela Comunidade União Doom Metal Brasil.
 
A ‘Doomed Serenades’ é uma espécie de projeto colaborativo, objetivando o fortalecimento do cenário Doom Metal, a desmistificação do estilo, o espaço e reconhecimento nas mídias especializadas.

O grupo paulista participa com a canção ‘The Light That Brought Darkness’, presente em seu mais recente álbum de estúdio ‘…And Then, The Light Of Conciousness Became Hell…’ e também é a faixa título do recente EP lançado de forma gratuita na internet.

Além do HellLight, participam as seguintes bandas e suas músicas:

Apocalyptichaos – Nemesis
Lacryma Sanguine – The House
Imago Mortis – Bring Out Your Dead
As Dramatic Homage – Ominous Force For Ascension
Tristis Terminus – Retreat Conscience
Mortarium – The Awakening Of The Spirit
De Profvndis Clamati – Quietive Of All Covet
Les Mémoires Fall – Deception
HellLight – The Light That Brought Darkness
In The Shadows – De Profundis (The Chorus Of The Damned)

Para adquirir a coletânea Doomed Serenades basta entrar em contato com a União Doom Metal Brasil através do site www.uniaodoom.com.br ou pelo e-mail uniaodoom@gmail.com


Contato para shows e merchandise: fabio_helllight@hotmail.com 


Sites Relacionados:
www.helllightdoom.com
www.myspace.com/helllight
www.facebook.com/pages/HellLight-Doom-Metal/137602556285696
www.youtube.com/helllightdoom 

Cruscifire presenteia os fãs com seu primeiro disco

Depois de disponibilizar o EP ‘Hateful’ gratuitamente, o Cruscifire presenteia os fãs com seu primeiro disco ‘Chaos Season’ completo para audição gratuita!
 
O material está disponível no Soundcloud oficial do grupo: soundcloud.com/cruscifire/sets/chaos-season 


Tanto o álbum quanto o mais recente EP tem tido uma recepção muito boa, elevando o Cruscifire para uma das grandes promessas do Metal nacional. “Ficamos muito felizes com os elogios, mas temos como meta sempre melhorar e deixar o som cada vez mais pesado!” comenta o vocalista Victor Angelotti.

O EP ‘Hateful’ pode ser baixado ou ouvido gratuitamente pelos links:
Para baixar o EP, clique: soundcloud.com/cruscifire/sets/hateful-ep ou www.mediafire.com/ 


Contato para shows e merchandise: cruscifire@hotmail.com 


Sites Relacionados:
www.myspace.com/cruscifire
www.metalmedia.com.br/cruscifire
www.facebook.com/cruscifire

The Gathering lançará seu décimo álbum “Disclosure”

A banda holandesa The Gathering lançará seu décimo álbum “Disclosure” no dia 12 de Setembro pela Psychonaut Records.
 
Segundo o tecladista Frank Boeijen: “ “Disclosure” é nosso álbum mais pessoal, tanto liricamente como musicalmente. O álbum é um grande casamento entre sons eletrônicos e orgânicos e tem várias músicas que evocam muitas imagens. Com músicas longas e épicas, ficamos próximos uns dos outros. Temos muito orgulho deste álbum, que é uma reflexão do que fazemos melhor e nossa ânsia em experimentar.”

A arte da capa foi feita pelo chileno Carlos Vergara Rivera. Segundo Boeijen: “A capa feita à mão é inspirada pela nossa música “Heroes For Ghosts”, que nós lançamos no ano passado.”

Confira o tracklist de “Disclosure”
01. Paper Waves
02. Meltdown
03. Gemini I
04. Heroes For Ghosts
05. Missing Seasons
06. See For Miles
07. Paralyzed
08. Gemini II

Coachella Valley Music and Arts Festival

Após o retorno do Rock In Rio ao Rio de Janeiro e a primeira edição do festival Lollapalloza, é o festival Coachella que pode acontecer em terras brasileiras em 2014, de acordo com a coluna de Mônica Bergamo no jornal Folha de S. Paulo.

Ainda segundo a Folha, a Arena Palmeiras, que deve ficar pronta no final de 2013, deve ser o local do evento.
O Coachella Valley Music and Arts Festival, mais conhecido como Coachella Fest ou simplesmente Coachella, é um evento anual de música e arte com duração de três dias (anteriormente um ou dois dias até a edição de 2007), organizado pela Goldenvoice, uma subsidiária da AEG Live. O evento reúne em cada edição, na cidade de Indio, Califórnia, mais de cem shows de artistas da cena alternativa, do rock, do hip hop e da música eletrônica, em meio ao Vale de Coachella. O Festival conta com diversos palcos e tendas espalhadas no local. Os principais palcos são: Palco Coachella, Outdoor Theatre, Tenda Gobi, Tenda Mojave, e Tenda Sahara (em 2006 foi incluído uma tenda menor, o Espaço Oasis). Em 31 de maio de 2011 a Goldenvoice anunciou que a partir daquele ano o festival ocorreria sempre nos dois últimos finais de semana do mês de abril.


O festival começou a acontecer em 1999, com nomes como BECK, MORRISSEY e THE CHEMICAL BROTHERS, não sendo realizado no ano seguinte por problemas financeiros e voltando em 2001 com a reunião da banda JANE'S ADDICTION.


Nos anos seguintes muitas bandas apareceram no festival, como IGGY & THE STOOGES, KRAFTWERK, PIXIES, BAUHAUS, NINE INCH NAILS, TOOL, RAGE AGAINST THE MACHINE, COLDPLAY, RADIOHEAD, THE CURE, FAITH NO MORE e sir PAUL MCCARTNEY.


A vinda do festival também foi noticiado pelo Omelete e revista Rolling Stone Brasil. Leia mais nos links abaixo.


http://omelete.uol.com.br/musica/coachella-brasil-festival-pode-vir-ao-pais-em-2...
http://rollingstone.com.br/noticia/festival-coachella-tera-edicao-no-brasil-part...







A banda Eterna esta finalizando seu sétimo álbum de estúdio e acaba de divulgar foto de sua formação oficial.


O trabalho está sendo produzido no NF-Estúdio em São Paulo e será mixado nos EUA. Se tudo correr de acordo, o novo disco será lançado ainda em 2012.


A formação atual é:
Imagem
Paulo Frade = Guitarras
Neno Fernando = Vocals
Jason Freitas = Baixo
José Cardillo = Teclado
Gerson Reys = Bateria.


Maiores informaçãoes no site oficial:
http://www.eterna.com.br







Veja Andreas Kisser, guitarrista do SEPULTURA, falando sobre a participação da banda no Rock In Rio Lisboa e sobre as cidades que farão parte da turnê européia.





Fonte: Andreas Kisser: guitarrista fala sobre Rock in Rio Lisboa - Novidades (Notícia) http://whiplash.net/materias/news_839/155604-sepultura.html#ixzz1wHPOnLjV
Arch Enemy: ingressos para São Paulo já estão à venda
Ingressos para o show dia 25/11

R$80 (pista - estudante)
R$100 (pista - promocional)


Camarote: entradas limitadas à venda apenas na LOJA 255


Locais de venda:
LOJA 255 (Galeria do Rock, Rua 24 de Maio, 62, primeiro andar, loja 255, São Paulo-SP,fone: 0xx11 3361-6951)
CARIOCA CLUB (Rua Cardeal Arcoverde, 2899, São Paulo - SP,0xx11 3813-8598)


Venda de ingressos pela internet:
http://www.liberationstore.net/busca.aspx?strBusca=arch+enemy


Mais informações:
http://www.archenemy.net.br/



sábado, 26 de maio de 2012

Poloneses do Decapitated desembarcam no Brasil para dois shows no Estado de São Paulo


A enxurrada de atrações internacionais tem proporcionado aos fãs brasileiros a verdadeira oportunidade de conferir muitas bandas que estavam faz tempo naquela listinha de shows imperdíveis. Agora chegou a vez dos poloneses do Decapitated. Mestres do technical death metal, o grupo tem apresentações agendadas em Hortolândia (25/05 - Barka MadaRock) e São Paulo (26/05 - Blackmore Rock Bar).

Waclaw "Vogg" Kieltyka (guitarra), Kerim "Krimh" Lechner (Thorns of Ivy, Tone Intimacy - bateria), Rafal Piotrowski (Ketha, Forgotten Souls - vocal), and Filip "Heinrich" Halucha (Venesia, Rootwater, Unsun, Masachist - baixo) desembarcam por nossas terras para promover o álbum "Carnival is Forever".


Na entrevista abaixo, Waclaw "Vogg" Kieltyka fala sobre a expectativa da banda em tocar pela primeira vez no país, comenta o trágico acidente de 2007, a repercussão do novo disco, o novo lineup e frisa que estão longe de ser polêmica.


por Juliana Lorencini - especial para The Ultimate Music - Press
edição Costábile Salzano Jr.
Essa é a primeira vez que a banda vem ao Brasil. Qual a expectativa de vocês para os shows por aqui?
Vogg: Hey, essa será a primeira turnê mesmo na América do Sul. Estamos muito felizes e animados com essa viagem. O que posso dizer, depois de muitos anos finalmente estamos indo tocar no seu país. Tenho muitos amigos aí e espero encontrar com todos eles e também estou certo de que os shows serão incríveis. Espero por muita gente, ótimos shows e claro, voltar com grandes lembranças do Brasil.
"Carnival Is Forever" foi o primeiro álbum do Decapited com a nova formação. Como foi o processo de gravação e composição de um novo álbum após o período conturbado que a banda viveu?
Vogg: Isso foi diferente, totalmente diferente. Sou o único membro original da banda atualmente, então com os novos músicos eu tive que aprender a fazer músicas de um novo jeito. Eu tinha muito material feito com Witek, então eu terminei isso com Krimh e descobri que Kerim é muito rápido com arranjos. Portanto, mesmo se eu trabalhei com um baterista diferente isso foi legal, eu não esperava que o processo de composição fosse ser tão fácil.
Qual foi a principal inspiração para a composição de "Carnival Is Forever"?
Vogg: Difícil dizer. Muitas coisas me inspiram para fazer riffs. A música que eu escuto, meu ambiente, minhas experiências, etc. Eu estava em depressão, porque perdi meu irmão e acredito que a atmosfera desse álbum está conectada com meus sentimentos.
Como vocês sentiram as críticas vindas dos fãs e da mídia em relação à "Carnival Is Forever"?
Vogg: Foi com certeza interessante ler as opiniões sobre esse álbum, porque ele é diferente de qualquer outro que lançamos no passado. Então as pessoas não podiam adIvinhar o que seria esse álbum. Algumas pessoas gostaram, outras não, mas isso é sempre assim, de qualquer forma eu li muitas resenhas favoráveis e muitos bons músicos me disseram que gostaram, então estou feliz. E, pessoalmente, eu amo esse álbum.
O Decapitated a cada álbum se tornava mais técnico e mais complexo em suas composições. Porém em “Carnival is Foverer” o que se vê é uma volta aos primeiros trabalhos da banda, com músicas mais diretas e não tão complexas, mas ainda mantendo a técnica. Vocês concordam como essa visão? Como vocês descreveriam o álbum?
Vogg: Sim, eu concordo. De fato, "Carnival" é um pouco mais fácil, comparado, por exemplo, com "Organic" que é mais direto, mas é por isso que soa grande quando o tocamos ao vivo. Quero fazer esse álbum ser calmo, fácil e energético. Ele é como algo que eu não estava apreensivo para tocar, o que eu sinto é que você pode ouvi-lo pela primeira vez com a mente aberta, canções longas, como a faixa-título, mas ainda esse álbum é bem rápido e agressivo. Eu o acho interessante, porque cada música é diferente, e você pode achar nele muitas formas diferentes de não tocar sempre a mesma merda!
Este ano vocês lançaram o videoclipe da música “Pest”, produzido por Grupa 13 e dirigido por Dariusz Szermanowicz. Por que essa foi escolhida a primeira faixa a ser single? E como foram as gravações do vídeo?
Vogg: Apenas decidimos que "Pest" seria a melhor música para o primeiro videoclipe, essa é uma música do caralho, espontânea, energética e atmosférica. Essa música descreve um pouco do que você pode achar no álbum todo. Gravamos o vídeo em um dia, em Wroclaw, nós todos estávamos de ressaca, porque um dia antes bebemos e provamos algumas cervejas locais... Então isso foi bem difícil de se fazer desta vez. Mas agora temos um novo vídeo para acrescentar, com a música "Homo Sum" que é totalmente diferente, é em preto e branco, e é incrível!
Após o acidente que ocorreu em 2007, muitos e até mesmo a banda tinha incertezas sobre seu futuro. Como é para vocês lançar um novo álbum e em estar em turnê novamente após tantos anos sem tocar?
Vogg: Isso foi há muitos anos. Antes de eu voltar com o Decapitated, eu participei do Vader, fiz 150 shows com eles. Então não estava nos palcos por dois anos após o acidente, foi bom estar em turnê de novo, eu amo isso. As vezes, me sinto um pouco estranho porque tenho novas pessoas a bordo, mas sei que não posso fazer nada sobre isso. Não posso voltar atrás no tempo, então... Estou feliz pelo que tenho e festejo cada minuto no palco, no ônibus de viagem, etc.
Como se deu a escolha dos novos membros? Vocês acreditam que eles sofram uma pressão ainda maior em substituir Vitek e Covan após sua trágica saída da banda?
Vogg: Apenas escolhi esses caras porque eles são bons músicos e podem tocar de uma maneira diferente do que Witek e Covan, mas ainda com qualidade. Nos sentimos bem no palco, especialmente depois de dois anos tocando juntos, e está ficando melhor e melhor a cada show que fazemos.
O que você fez nesse período em que esteve afastado da música?
Vogg: Estava trabalhando numa loja de instrumentos musicais em Cracóvia. Vendendo equipamentos de guitarra, etc. Foi um bom tempo, fiz novos amigos lá, e me ajudou muito depois da tragédia. Então eu entrei para o Vader e gastei algum tempo com eles, o que também foi uma experiência muito legal. Foi então que comecei a procurar por novos membros e decidi continuar com o Decapitated.
Em janeiro deste ano, os pais do ex-vocalista Covan foram a TV polonesa pedir ajuda para manter um tratamento, que tem tido efeito em seu filho. Vocês ainda mantém contato com Covan ou sua família? Têm acompanhado seu estado de saúde após o acidente?
Vogg: Claro que tenho contato com ele e sua família. O vejo todo mês, às vezes, toda semana. Nós moramos na mesma cidade. Ele precisa de ajuda, porque ainda está numa má condição, você pode ir em www.wakeupcovan.com e lhe enviar algum dinheiro via paypal se quiser ajudá-lo. Desde já agradeço a todos que puderem ajudar.

A Polônia tem sido vista como um dos países com leis e censura mais severas em relação a certos estilos musicais. O Black Metal, por exemplo, tem sofrido muito com esse preconceito instaurado na sociedade polonesa, mas ao mesmo tempo a impressão que tenho é de que Nergal se tornou muito popular por lá ao longo dos anos. Como vocês vêem essa situação e a que acham que ela se deve? 
Vogg: Não tive nenhuma situação assim durante minha carreira, não somos uma banda satânica e não tocamos qualquer situação religiosa, então ninguém teve problemas com isso. Falamos sobre humanos em nossas letras. Sei que isso é um saco para Behemoth e Vader, por exemplo, mas por um outro lado isso é bom para promover, políticos e religiosos falando sobre você em todos os jornais, essa é a razão pela qual Nergal é tão popular na Polônia, todo mundo o conhece.
As bandas de Death Metal acabam passando pelo mesmo de situação?
Vogg: Como disse, na verdade não. Não tenho problemas com ninguém. Toco minha música e não dou a mínima para mais nada.
Muito obrigada pela entrevista, e eu gostaria que vocês deixassem um recado aos fãs brasileiros.
Vogg: Brasil, nós estamos chegando! O Decapitated vai chutar a sua bunda e teremos bons momentos! Vejo vocês em breve!



Serviço SP
Dark Dimensions apresenta Decapitated pela primeira vez no Brasil
Data: 26 de Maio 
Local: Blackmore Rock Bar
Endereço: Alameda dos Maracatins, 1317 - Moema
Abertura da casa: 18h30
Show pontualmente: 20h
Ingressos:
Pista: R$ 40,00 (estudante) - R$ 80,00 (inteira)
Camarote: R$ 50,00 (estudante) - 100,00 (inteira)
Ponto de venda: Hellion - Galeria do Rock
Ingressos online: http://darkdimensions.webstorelw.com.br
Imprensa: (13) 9161.6267 - press@theultimatemusic.com
Cartaz: http://migre.me/8RhKq


Próximas divulgações da The Ultimate Music - Press:
18/05 - Clan of Xymox - Inferno Club - SP/SP
25/05 - Michael Monroe (Hanoi Rocks) - Inferno Club - SP/SP
26/05 - Decapitated - Blackmore Rock Bar - SP/SP
29/05 - Diablo Swing Orchestra - Inferno Club - SP/SP
02/06 - Apocalyptica - Carioca Club - SP/SP
09/06 - Korpiklaani – Clash Club - SP/SP
14/07 - Shadowside - TBA
20/07 - Shadowside - Jack Music Pub - Bauru/SP
29/07 - At the Gates - Hangar 110 - SP/SP


Além dos shows, a The Ultimate Music - Press assessora as bandas Sepultura, Krisiun, Shadowside, Confronto e Hugin Munin. Para mais informações, acesse http://theultimatepress.blogspot.com. 


A10 Rock Fan Fest - 23 de junho - Barka-Mada - Hortolândia - São Paulo.

Atrações
Athanator (Colômbia)
Divine Uncertainty
Pervencer
Holder Of Souls
Aeon Prime
Valaquia


Vídeo promocional: www.youtube.com/watch


Local: Barka-Mada
Cidade: Hortolândia
Endereço: Avenida dos Estudantes n°. 509 - Jardim Campos Verdes - Hortolândia/SP.
Inicio: 20 horas


Ingressos
Promocional: R$ 30,00 (Promocional e estudantes) - vendas somente online
2° Lote: R$ 40,00 (Promocional e estudantes) - vendas A10TBTV ONLINE e BARKA-MADA
3° Lote: R$ 50,00 (Promocional e estudantes) - vendas A10TBTV ONLINE e BARKA-MADA
Portaria: R$ ?????


Postos de vendas/contatos
A10TBTV Entertainment (ONLINE)
Telefone: (11)6319-9861
E-mail: a10tbtv@gmail.com
www.a10tbtv.blogspot.com 


BARKA-MADA
Telefone: (19)3809-1889


Sites relacionados - Informações e serviço
www.a10tbtv.blogspot.com
www.youtube.com/a10tbtv
www.reverbnation.com/a10tbtv
www.palcoprincipal.com/a10tbtv
www.facebook.com/a10tbtvshow
www.twitter.com/a10tbtvbrasil
Deformed Slut (PR) - Stench of Carnage

Visceral obra do Death/Splatter feito no Brasil. Material distribuído simultaneamente no Brasil (Rapture Records), EUA (Savered Records) e Europa (Pathologically Explicit Recordings), em Manaus você pode adquirir através da Underground Brasil Distro (www.undergroundbrasildistro.blogspot.com) por apenas R$ 10,00


Leia algumas resenhas sobre a Deformed Slut:
http://www.polvorazine.com/2012/04/deformed-slut-stench-of-carnage.html
http://whiplash.net/materias/cds/154270-deformedslut.html
Ouça em: http://www.myspace.com/deformedslut 


Deformed Slut - Stench of Carnage
Brazilian Death/Spaltter
 http://www.myspace.com/deformedslut 

Vulture: primeiro álbum disponível para download.
 
O álbum Test Of Fire, lançado em 2005 teve uma prensagem de apenas 500 cópias que se esgotaram rapidamente e o mesmo tornou-se uma raridade desde então, agora a banda o disponibilizou na íntegra para download, através de seu novo website (www.vulture.com.br), no site também é possível adquirir os dois trabalhos posteriores da banda, o "Through The Eyes Of Vulture" de 2008 e o recém lançado "Destructive Creation", através do sistema PagSeguro. Vale a pena conferir.






-- 
Thony Sacrifice
Underground Brasil Distro - http://www.undergroundbrasildistro.blogspot.com.br/
Guerreiro Ajuricaba Produções - http://guerreiroajuricabaprods.blogspot.com/
Fly Kintal Zine - www.myspace.com/flykintalzine